Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

moXo

Ave noturna, misteriosa e inteligente. O Mocho simboliza Reflexão, busca pelo conhecimento racional e intuitivo, Sabedoria.

Ave noturna, misteriosa e inteligente. O Mocho simboliza Reflexão, busca pelo conhecimento racional e intuitivo, Sabedoria.

moXo

26
Jun19

Máscaras

moXo

Cada vez mais vejo além das palavras, dos gestos, das decisões.

Desperta e atenta.

Interpreto. Difícil não julgar.

Aceito e observo.

Não se pode esperar que os outros saibam o que queremos, o que aconteceu, o que se sente se não o verbalizamos.

Calar, não partilhar e esperar que por intermédio deste ou daquele gesto ou acontecimento as pessoas próximas se apercebam do que se passa connosco. Não é a atitude correta.

Colocar-se na posição de vítima e ainda por cima culpar quem não tem conhecimento da situação não é certo.

Direitos e deveres.

E o outro? E o amigo, o familiar, o companheiro que nada soube? Esse tem o direito de se indignar porque não lhe foi dada a confiança, oportunidade ou partilha que seria esperada. Há uma reciprocidade, uma troca que obrigatoriamente deve existir para existir equilíbrio.

Tudo piora quando sabemos por outros o que nos devia ter sido dito na primeira pessoa.

Devemos ser vítimas ou aprendizes? Passivos ou líderes? Tomar as rédeas da nossa vida ou deixar o acaso, o tempo, outros manobrarem o que queremos?

 

Gratidão,

moXo

110718

 

12
Jun18

RAM

moXo

É o mantra do terceiro chakra da nossa coluna vertebral, de baixo para cima – chakra do Plexo Solar – Manipura.

Localizado entre o externo e o umbigo.

 

Dos 15 aos 21 anos de idade, aproximadamente, acedemos ao nosso poder pessoal.

Passamos da infância para a adolescência e entramos na idade adulta.

Criamos uma identidade fora do círculo familiar.

Surge a necessidade de aprofundar o auto conhecimento.

Surge a dicotomia entre os direitos e os deveres de cada indivíduo.

 

Eu faço. Eu destruo.

Força do fogo. Força da juventude. Força da adolescência. Fase em que nos sentimos intocáveis, quase deuses. Tal como o fogo somos difíceis de lidar. Conforto ou destruição.

 

O ego e a vergonha surgem como motivadores de atos limites. A forma de ver a vida constrói-se e molda-se. Aprendemos a lidar com o dia-a-dia, com o que que tem de bom e de mau.

Desenvolve-se a capacidade de escolha e força interior que nos leva em frente, em busca da liberdade, aceitação e pertença de um todo.

 

A oscilação das emoções e dos pensamentos manifestam-se especialmente neste chakra e no corpo físico que o envolve: aparelho digestivo e intestinos. Borboletas na barriga. Nervosismo. Stress. Conflitos. Sensações fortes e agressivas que alimentam o corpo e as doenças físicas. Reflexo da falta de energia vital.

 

Libertar. Viver. Sentir. Confrontar. Verbalizar.

 

Gratidão,

moXo

 

161217

Mais sobre moXo

foto do autor

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.