Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

moXo

Ave noturna, misteriosa e inteligente. O Mocho simboliza Reflexão, busca pelo conhecimento racional e intuitivo, Sabedoria.

Ave noturna, misteriosa e inteligente. O Mocho simboliza Reflexão, busca pelo conhecimento racional e intuitivo, Sabedoria.

moXo

14
Set18

OM

moXo

É o mantra do sexto chakra da nossa coluna vertebral, de baixo para cima – chakra da terceira visão – Ajna.

 

Localizado no centro da testa entre as sobrancelhas, ajuda a regular a glândula pituitária, olhos, sistema nervoso e o hipotálamo.

 

Dos 35 aos 42 anos de idade, aproximadamente, desenvolvemos a intuição, acedemos ao que não é palpável, ao que ouvimos quando não deixamos a mente definir-nos.

Percebemos a essência, nossa e de tudo. Permitimos que chegue até nós todas as verdades, mesmo as mais subtis e as que vão além da vontade humana.

 

Quando em bloqueio este chackra revela pessoas com falta de discernimento, com demasiado apego, com visão distorcida e tendência para a ilusão. Mostra pessoas com ego fraco, egocêntricas, com falta de consciência e predispostas a fundamentalismos ou demasiado mentais e com excessiva necessidade de intelectualizar.

 

Para um equilíbrio devemos estar disponíveis para fazer todo um trabalho introspetivo e de tentativa de resposta à pergunta: quem sou eu? Processo possível de ser iniciado e realizado ao longo deste curso. No entanto, tal não é possível se não estiver ativo, atento, curioso, insistir e questionar. Só assim podemos atingir um patamar de aceitação da unidade da criação e da vida, bem como a dualidade equilibrada e perfeita das mesmas.

Aceitar que o mundo exterior é espelho de nós mesmos.

 

Em harmonia desenvolvemos a consciência de que somos muito mais do que um corpo e somos mais observadores, abertos, vibrantes. Vemos mais longe, seguimos a intuição, estamos despertos aos sinais subtis e transformadores, imaginamos, criamos. Sensação de equilíbrio e união entre tempo e espaço.

 

Neste estágio o indivíduo sente necessidade de seguir a voz interior e ser o seu próprio guia. Sente a beleza interior que cada um de nós tem, aceita-a, é humilde e compassivo. Percebe que o desapego é a maior forma de amor-próprio, pelos outros, pelo Mundo, pela Natureza, pelo Universo.

 

Predispus-me a fazer este Caminho. Um crescente bloqueio ou necessidade de permitir que chegasse até mim conceitos como espiritualidade e consciência levou-me aqui. Havia em mim uma sensação crescente de vazio que foi sendo preenchida com uma maior compreensão e conhecimento do que estava ao meu redor além do que os meus olhos vêm e do que a minha mente conhece.

Aceitar que o sinto é real e verdadeiro. Maior sensibilidade, mais intuitiva, com maior consciência.

Hoje sei que cheguei a este estágio após um caminho longo e difícil que foi crescendo ao longo deste curso.

Aceitar o que se sente e não se vê como veículo de libertação que conduz à verdade.

Ser autónoma para a descoberta.

Inspirar e ser inspirada.

 

Libertar. Viver. Sentir. Confrontar. Verbalizar.

 

Gratidão,

moXo

 

170318

Mais sobre moXo

foto do autor

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.