Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

moXo

Ave noturna, misteriosa e inteligente. O Mocho simboliza Reflexão, busca pelo conhecimento racional e intuitivo, Sabedoria.

Ave noturna, misteriosa e inteligente. O Mocho simboliza Reflexão, busca pelo conhecimento racional e intuitivo, Sabedoria.

moXo

25
Set18

A porta da felicidade

moXo

Nunca fui de acreditar em vidas passadas, reencarnação, almas gémeas, espíritos ou anjos.

Mas também nunca tinha passado pelo que passei, nunca me tinha sentido perdida e com tanta necessidade de respostas. Nunca tinha sentido esta urgência em me libertar e permitir que outra informação, energia, força, conhecimento chegassem até mim.

A Porta da Felicidade.jpg

A minha grande amiga V. falou-me neste livro e assim comecei outra viagem.

A Porta da Felicidade, livro de Denise Linn.

De coração aberto li e empenhei-me em não deixar que as minhas crenças limitadoras me impedissem de assimilar o que estava a chegar até mim.

 

Hoje afirmo que tudo aquilo que sou é produto da construção feita ao longo de toda a vida, do ambiente que vivo, das pessoas que me são próximas. Mas e se essa influência vier mais de trás…de quando era outra pessoa, numa outra vida. E se o facto de estar aqui e agora não é mais do que a oportunidade de fazer ou resolver o que ficou lá atrás, nas outras vidas, por ultrapassar ou aprender. E se bloqueios, fobias, sentimentos que não consigo compreender não são mais do que laços que ficaram das minhas vidas passadas?

 

Aceitar este dado como real e verdadeiro pode ser assustador e confuso, mas não é mais do que todo o processo que já iniciei e pelo qual tenho vindo a viver.

Assumo que por vezes dou por mim a pensar: quem sou eu, o que é que fiz ou disse, como lidar com isto, com esta pessoa, com estes sentimentos e pensamentos? Descobrir esta nova pessoa tem sido assustador, com muitos avanços e recuos. Acredito que um processo de tentativa de regressão e descoberta de vidas passadas também possa ser similar…perturbador e difícil.

 

Existem alguns excertos deste livro que vou ter de partilhar. Revi-me totalmente. Espelho do que acredito e sinto. Não porque me recordei de uma vida passada, mas porque cada vez mais me sinto mais desperta, mais sensível, mais atenta, mais interessada no crescimento pessoal. Porque não sendo este o caminho que comecei, pode e faz parte do chão que vou percorrer. Porque já percebi e aceitei que sendo uma viagem difícil e dolorosa, é algo que tenho de fazer e já não há como negar esta evidência.

 

(…) ”Em vez de travar ou de suprimir estas emoções, opte por senti-las – quando o faz o medo dissipa-se.”

“Aquilo a que você resiste, persiste. Quando resistimos a uma emoção, na verdade, torna-se mais difícil libertarmo-nos dela. Aquilo que reprimimos fica connosco vida após vida e cria bloqueios, pelo que é vital enfrentarmos os nossos sentimentos. Todavia, há uma diferença entre dramatiza-los e vivenciá-los.”

(…) “Dramatizar as nossas emoções pode por vezes afastar-nos delas.”

(…) “Quando se distancia de uma situação, você consegue observá-la de uma perspetiva mais lata e objectiva.”

(…) “Quando a sua convicção limitadora é alterada, a sua vida muda.”

 

(…) “enquanto passa pelo processo, pode ser um percurso duro e atribulado. Partilhe as suas dificuldades com alguém que gosta de si ou procure ajuda profissional (…) sabendo que aquilo que o espera vale mesmo a pena.”

 

Gratidão,

moXo

 

190318

Mais sobre moXo

foto do autor

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.