Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

moXo

Ave noturna, misteriosa e inteligente. O Mocho simboliza Reflexão, busca pelo conhecimento racional e intuitivo, Sabedoria.

Ave noturna, misteriosa e inteligente. O Mocho simboliza Reflexão, busca pelo conhecimento racional e intuitivo, Sabedoria.

moXo

30
Ago19

Guias

moXo

Há pessoas que nos surgem ao longo da vida que acredito serem guias ou anjos. Quer nos causem empatia, quer nos causem irritação e desconforto. Sei que não são mais do que guias ou anjos que nos vêm mostrar algo, fazer aprender, fazer superar algum assunto pendente, fazer mudanças no nosso interior.

 

A minha função é perceber porque apareceram na minha vida, na minha rotina, no decorrer do meu caminho. O que me vieram ensinar? Qual o seu propósito? O que levam a ser, a fazer ou a dizer? O que devo trabalhar perante os desafios que sinto quando me sinto em conflito ou em confronto com eles?

S e A – aceitar o próximo como ele é e sem o julgar de acordo com as minhas crenças;

L – trabalhar a minha impulsividade e controlo;

P – ser paciente;

M e L – sentimento de proteção, maternal, amor incondicional.

 

Todos os dias há pessoas e situações que me põem à prova. Que me fazer rever o que sou e como sou. Tudo e todos são meus mestres, fazem-me analisar, aprender e, caso seja bem sucedida, crescer.

 

Gratidão,

moXo

 

020918

 

21
Ago19

LIGA-TE ao que realmente tem valor

moXo

Ainda no seguimento da última publicação, partilho um excerto do livro da Rute Caldeira, “Simplifica a tua vida”.

Palavras que sinto como se fossem minhas. Pensamentos que parecem ser os meus acerca da importância do tempo.

 

(…)”a confusão é o princípio da transformação. Pois quando estamos confusos, passamos a questionar o valor das coisas, e é nessas perguntas fundamentais que encontramos respostas transformadoras e reveladoras. Há tanta coisa para dar valor, e há tanta coisa que valorizamos que não tem peso algum para a nossa alma divina, apenas tem peso para o ego e as suas vaidades ou caprichos. (…) O que é o tempo? Que importância tem? (…) E a tua vida tem o tempo que tu lhe dás, mas esse tempo só existe se tu realmente viveres; de outra forma o tempo não tem tempo e a vida não existe, porque o tempo deixa de ser o tempo que tu não lhe dás. (…) A nossa vida adoece quando não temos tempo para a viver (…) o nosso corpo adoece quando não temos tempo para cuidar de nós, a nossa mente adoece quando não temos tempo para rir, a nossa alma adoece quando não temos tempo para os sonhos. (…)  não existe a falta de tempo porque somos sempre nós que gerimos e controlamos esse tempo; ele está lá sempre e somos nós que decidimos o que fazemos com ele. Há tanta coisa que nos dispersa, que nos distrai e que nos leva o tempo. Mas somos nós que temos o poder de mudar isso; (…)

 

Gratidão,

moXo

220819

 

20
Ago19

Sensação

moXo

Falta-me tempo.

Tempo para descobrir o que quero ser quando for grande. Só que aos trinta e tal anos de idade já o sou.

Tempo de ser mãe quando provavelmente já o devia ser.

Tempo para mudar de profissão.

Tempo para arrumar o que sinto que está desorganizado.

Tempo para aprender.

Falta-me tempo para mudar de vida, mas para que vida?

Ando sempre a correr. Faço tanto e mais parece que nada faço.

Apontam-me o dedo por andar sempre a correr, atrasada, nunca chegar antes da hora, nunca chegar a horas…

Defraudo-me. Envergonho-me. Culpo-me.

O que faço ao tempo?

Será que o que tenho é suficiente?

O que fiz de mim durante tanto tempo?

O que faço com o meu tempo?

 

Gratidão,

moXo

220818

 

07
Ago19

Alma de Pássaro

moXo

(…) “mas isso não, não quero voltar atrás, aos mesmos cheiros e lugares. Não quero voltar atrás em nada, nem no meu amor (…). Tudo na vida tem o seu tempo e o meu agora é outro: é novo, é desconhecido, é estranho. Mas é o meu, o que eu quero e o que tenho que viver. “

Alma-de-pássaro-Margarida-Rebelo-Pinto.jpg

 

Há momentos que leio, vejo algo que me marca, que naquele instante faz todo o sentido e reflete o meu estado de espírito, os meus pensamentos, o que sinto.

 

Estas palavras do livro da Margarida Rebelo Pinto foram mais do que meras palavras, de um romance. Foram o espelho de mim mesma.

Foram escritas num determinado contexto, numa determinada história. Na minha história descreveram o que eu sentia.

 

 

 

Gratidão,

moXo

200818

 

Mais sobre moXo

foto do autor

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.