Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

moXo

Ave noturna, misteriosa e inteligente. O Mocho simboliza Reflexão, busca pelo conhecimento racional e intuitivo, Sabedoria.

Ave noturna, misteriosa e inteligente. O Mocho simboliza Reflexão, busca pelo conhecimento racional e intuitivo, Sabedoria.

moXo

28
Jun18

Ser o que vim cá para ser

moXo

Aproveito sempre umas férias ou pausa maior no trabalho para me mimar. Gosto de o fazer. Tratar-me bem. Porque sou importante. Porque gosto de mim.

 

Num destes retiros de auto mimo esbarrei numa revista da Zen Energy de Dezembro de 2017.

Não podia estar mais atual e ter maior sentido e significado. Segue um excerto:

 

…”a maior de todas as transformações começa no momento em que toma a decisão de fazer algo diferente (…)

O corpo e a alma são um só. É preciso caminhar na consciência de que a verdadeira paz e bem-estar interior é resultado de uma dança harmoniosa entre o todo existencial que o caracteriza. A vida está nas tuas mãos e tu também. Bom renascimento.

Feliz fim de ciclo e votos de compromissos e ações cada vez mais sóbrias e conscientes.

Seja somente o que é e está feito!”

 

Termino um caminho. Fecha-se um ano. Abre-se uma porta para uma nova estrada.

Ao contrário da tradição esqueço as passas e os 12 desejos.

Tomo consciência de mim, do que quero e do que me é possível concretizar. Escrevo tudo o que me apetece. Palavras, frases, decisões. Corto em pedaços e coloco dentro de uma meia. Então cheia de intenção e energia decido tirar 3 papéis e faço um compromisso comigo mesma em os incluir na minha vida, nos meus pensamentos, nas minhas decisões, na minha procura pessoal.

Pontualidade e Disciplina

Auto Conhecimento

Estar presente

 

Gratidão,

moXo

 

1217/0118

26
Jun18

Expetativas

moXo

Dou por mim a pensar: O que é o Natal? O que andamos a viver nesta época?

Só se pensa em comprar, em ter muito e tudo. Pressão constante, pressa, agitação. Tudo está distorcido. Não se sente. Só se vive no querer sem sequer usufruir do momento, das pessoas, das coisas boas.

 

Vivo na expetativa e depois apercebo-me que nada corre como era suposto ou planeado. Não controlo tudo. Não comando todos. Crio em mim sentimentos que me perturbam e enfraquecem.

Não me identifico. Entristece-me e deixa-me agitada, ansiosa e o meu corpo reflete estas sensações.

Voltam as dúvidas, a agitação e o desconforto.

Estou numa mudança. Frágil e forte. Alegre e triste. Sou tudo isto e Tudo está em mim.

Quero estar…preciso estar em harmonia.

 

Foco-me e agradeço. Agradeço quem está comigo. Agradeço a presença de quem gosta de mim e de quem me ouve. De quem está do meu lado sem esperar demais… só estar. Agradeço o Sol que brilha e me aquece. Orgulho de mim mesma e da minha força e intenção diárias em crescer.

 

Parar e analisar. Refletir em mim.

Não me deixar levar pela maré, nem pelos Outros.

Seguir a minha intuição e aquilo que sinto ser a minha verdade.

 

Gratidão,

moXo

 

251217

21
Jun18

Visão

moXo

Não vemos o mundo como ele é, vemos o mundo como somos.

Temos tendência ao julgamento.

 

O que dizemos não reflete o que vemos nem o que sentimos. O outro perceciona sempre outra imagem diferente da que temos. A imagem que passamos e diferente ao ser descrita em palavras e ao passar pelo filtro da mente. Mente com crenças que não são a verdade.

É-me colocado um exercício. Descrever o que vejo... e o que o outro recebe é diferente do que descrevo.

 

Quando falo devo cumprir ou respeitar certos requisitos: verdade, utilidade, criatividade e construtivo. Se não respeitar estas premissas o mais provável é estar incorreta, excessiva e sem sentido.

 

Visão.

Comunicação.

Estar atenta pois somente uma parcela muito pequena do que está há minha volta chega ao meu cérebro e, sempre já condicionado pela forma como vejo a vida.

 

Se não é energia, claro nem construtivo não é para mim.

 

Gratidão,

moXo

 

021217

19
Jun18

Vibração

moXo

As sociedades modernas giram em torno do medo, sexo e o ego.

Flutuam entre os 3 primeiros chakras: Raiz, Criação e Plexo Solar.

Vibram … no Dinheiro, Alegria, Vergonha

Na Vitalidade, Criatividade, Culpa

Na Sobrevivência, Energia, Medo

Basta olhar à volta e observar atentamente as campanhas publicitárias, as grandes marcas. Os apelos e influências que nos passam despercebidos mas entranham-se e limitam-nos. Cores, letras, sensações. Levam-nos a querer mais e tudo. Mais território, mais aceitação, medo, culpa, poder, ostentação, vaidade, vergonha, imortalidade, segurança.

 

Sociedade baseada numa contínua sensação de insatisfação e condicionada pela Mente.

A mente tenta ir ao “banco de memórias”. Quando não encontra registo, estranha por completo ou aceita sem questionar. A mente julga não intui.

 

Sentir o que faz sentido e seguir a intuição.

 

Evoluímos do Medo e do Amor, da Culpa para Auto responsabilização, do Julgamento para a Sabedoria.

Urgente assumirmos a nossa responsabilidade do que está à nossa volta, das nossas ações. Ser hábil e inteligente nas perguntas para obter respostas. Estar presente e consciente que tudo é maior que nós e que servimos um bem comum, um caminho que é de todos.

Saber quem sou para poder amar e aceitar. Equilíbrio. Amor. Evolução.

 

Gratidão,

moXo

 

291117

Pág. 1/3

Mais sobre moXo

foto do autor

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.